• Mário Maria

Os 3 conceitos mais importantes em Educação Financeira



A proliferação da terminologia que rodeia a literacia financeira é suficiente para lhe fazer doer a cabeça. E é por isto que estamos aqui para facilitar o seu domínio no que diz respeito a investimentos, começando por desmistificar o significado de alguns dos termos mais famosos em economia.

Estes 3 conceitos irão lhe ajudar a compreender não apenas as instruções sobre o que fazer quando se trata de finanças pessoais, mas também uma percepção das razões pelas quais deve fazer.

Começaremos então por:


Juros compostos


Existe um conselho que a equipe do Dinheiro Limpo tem tentando incutir na cabeça dos angolanos, e é o seguinte: Há poder nos juros compostos.


Não importa quem sejas, de onde vens ou o que faças, eles trabalharão impecavelmente para si. Trata-se de disciplina e tempo, e é uma ferramenta que funciona independentemente de ser um vendedor no Jumbo ou um gestor de fundos imobiliários na Hemera Capital Partners.


Trata-se de como ganhamos juros sobre os nossos investimentos, ou pagamos juros sobre a nossa dívida.


Exemplo: Digamos que este ano ganhe 10% numa carteira de 100 mil kwanzas. No final do ano, essa carteira terá um valor de 110 mil kwanzas. Isso significa que quando ganhar juros no próximo ano, estará a fazê-lo com uma quantia maior de dinheiro, sem ter investido um único centavo extra.

E a medida que os anos passam, ganhará juros sobre os juros, é como se uma bola de neve que outrora rolava para baixo, tivesse se transformado numa avalanche. Esta ferramenta é especialmente poderosa para os investidores mais jovens.


Se poupar 50 mil kwanzas todos os meses por 20 anos, teria arrecadado 20 milhões kwanzas. Caso invista 50 mil kwanzas todos os meses à uma taxa de 24,6% ao ano, arrecadaria 341 milhões kwanzas. Portanto, é importante que tenha em mente que o tempo e a paciência compensam realmente.



Liquidez


É óptimo ser milionário no papel, mas ainda melhor se os seus milhões de kwanzas forem investidos em ativos líquidos, o que significa que pode aproveitar tudo isso numa emergência (ou se ocorrer uma grande oportunidade).

Saber quanto do seu dinheiro é facilmente acessível e o preço que pagará se tiver de vender algo é muito importante.


Vender a sua casa, por exemplo, pode levar demasiado tempo (os bens imobiliários são notoriamente ilíquidos) para ser útil. E sempre que liquidar um investimento, está à mercê do mercado atual. Uma carteira de ações poderia teoricamente oferecer muita liquidez, mas se a tivesse vendido em Março de 2020, quando os índices do mercado estavam em queda livre, teria pago um grande custo de oportunidade por essa liquidez.


Ter um fundo de emergência é uma das melhores formas de preservar a liquidez financeira. Se tiver 1 milhão kwanzas numa conta do mercado monetário para satisfazer uma necessidade inesperada, esse dinheiro é mais útil para si do que 1 milhão de kwanzas na segurança social ou em capitais próprios. O montante a reservar depende em grande parte da fiabilidade dos seus rendimentos, e da sua própria tolerância ao risco.


A maioria destes conceitos essenciais exige que as pessoas sejam implacavelmente honestas acerca das suas capacidades e limitações, e que aceitem que cada decisão financeira envolve contrapartidas e terá consequências para toda a vida.


Leia o nosso artigo sobre os 3 tipos de reserva financeira que você deve ter.



Pague-se primeiro


PYF (Pay Yourself First) é uma abreviatura popular e um conceito poderoso que muitas vezes corre o risco de ser mal interpretada.


As pessoas em geral, pensam que isto significa colocar os seus "desejos" - umas férias, um carro novo - à frente das suas necessidades, e em particular, à frente dos seus objetivos de investimento. Pelo contrário, pense nisso como pagando o seu "eu" futuro, colocando de lado uma proporção pré-determinada dos seus ganhos mensais (ou semanais) em algum tipo de conta poupança.

É particularmente útil pagar a si próprio primeiro, fazendo essas contribuições para um plano de reforma patrocinado pelo empregador, se tiver acesso à um. Isto porque as entidades patronais correspondem frequentemente às suas contribuições, até uma certa percentagem do seu rendimento - e isso é dinheiro gratuito que pode continuar a acumular uma vez aconchegado na sua conta de investimento.



E então, qual destes termos tu já conhecias?

120 views1 comment

Recent Posts

See All